terça-feira, 4 de março de 2008

Juno

Se tem uma coisa bacana nos filmes bons é a possibilidade de dividi-los com as pessoas legais. Digo isso porque, evidentemente, quando não gosto de um filme, não comento. E nem quero que comentem. Sei lá, deixa quieto.

Mas quando gosto, espalho pra todo mundo. Fui ver! Tão bom! Vai ver! Não perde!

E adoro ouvir os comentários, como o da Fue, que deixou um breve email dizendo 'fui ver Juno, que demais', como o da Patribbit, ao telefone, que disse 'vi Juno com a mãe e com a Sâmi, coisa mais boa'.

Parece aquelas frases dos críticos de cinema que vêm estampadas nas contracapas dos DVDs. Não! Muito melhores. Porque eu sei quem são a Fue e a Patribbit e imagino o que significou para cada uma delas a história de amor, ou melhor, de amores, da Juno. Então, como eu ia dizendo:

Tão bom! Vai ver! Não perde!

2 comentários:

Anônimo disse...

Só tu mesmo, Fue ... Buenas, tu sabe que eu sou um pouco Juno ... risos. Beijocas da Amiga Fue.

tigerman disse...

Snif, eu quero cinema...

Faz mais de 240 dias que estamos sem aqui. Dia 13 de março abrem 2. Já tô lá. Só~tomara que não seja o Rambo...